25.2.15

Tronco, Garrote e Chicote - A Escravidão na Atualidade

.
"O homem nasceu livre e por toda a parte vive acorrentado."
Jean-Jacques Rousseau.
.

.
A Lei Imperial n.º 3.353, mais conhecida como Lei Áurea, sancionada em 13 de maio de 1888, foi o diploma legal que extinguiu a escravidão no Brasil. Imagino que algumas empresas do ramo têxtil não saibam da existência da Lei Áurea, aliás penso que nem precisaria existir uma lei para que não houvesse escravidão, uma pessoa de bem não precisa escravizar alguém, mas infelizmente a mão de obra escrava é muito presente, isso se inclui a mão de obra infantil também.
.
Uma Dama e Dois Escravos na Bahia, 1860
.
A moda sempre ligada a beleza, luxo, ostentação é uma base que está escorrendo na cara da sociedade onde em seus bastidores pessoas são submetidas a condições dignas de um navio negreiro para alimentar as linhas rápidas de novos itens de consumo. O mercado precisa ser lucrativo, o trabalho escravo permite o custo baixo e um superfaturamento das peças após costurar a etiqueta de sua grife favorita. Além da escravidão acontece o tráfico humano, onde as pessoas são trazidas principalmente do Peru, Paraguai, Bolívia e Haiti acreditando em falsas promessas e acabam sendo privadas de sua liberdade e dignidade, vivendo em condições desumanas. Voltam ao tempo do tronco, do garrote e do chicote, além do mais passam fome. Na Ásia ainda é pior, lá a escravidão é infantil, faça um exercício agora, pegue seu tênis e leia de onde vem, Vietnã? Indonésia? Cingapura? O tráfico humano está diretamente associado ao tráfico de órgãos, em algumas facções, quando o escravo não serve mais para trabalhar seus órgãos são vendidos no mercado negro.
.
Trabalho Escravo na Indústria Têxtil no Brasil em 2014
.
A justiça faz investigações, sempre faz e sempre fez, mas a indústria vai desviando, se escondendo, as vezes alguns casos surgem, grandes casos como {Nomes Removidos}* (mesmo que neguem e por mais que se investigue e sejam absolvidos, só em serem denunciados ficam marcados) ano passado. Mas e podemos fazer algo a respeito disso? Poderiamos boicotar, deixar de comprar peças de quem financia a escravidão, mas normalmente queremos estar na moda, queremos ficar mais bonitas, queremos comentar “cazamigas” - Tu viu o vestido delaaaaa? Ai não gostei amiga, achei tão sei lá. Passa uma semana, chega o próximo Sábado, todas se encontram novamente na mesma balada e com novos figurinos para ver quem estava mais estilosa, como se fosse uma competição. Enquanto na um boliviano está fazendo jornada de 48h para costurar aquela peça linda que você comprou no shopping por R$ 1.000,00 em 10x, Segunda enquanto você estiver de ressaca ele estará na “senzala” pedindo para morrer ou se alimentando dos restos da família do seu Senhor.
.
*Pesquise no Google, "Marcas envolvidas com trabalho escravo"
.
Filmes sobre o tema de hoje:
.
- Tráfico Humano
- Tráfico de Órgãos
- Crô (Exatamente sobre a indústria têxtil)
- 12 Anos de Escravidão
- Django Livre
- Quanto vale ou é por quilo?
- Amistad
.
Música do Dia:
.
Roll Jordan Roll – John Legend
https://www.youtube.com/watch?v=GGGkG1eECqQ
Pin It

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários são sempre bem vindos!